Fonte da Praça Coronel Pedro Osório, em Pelotas.

Diário de Bordo #002

Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil – Na terra da Fenadoce tivemos a primeira noite na estrada, na casa do querido Tio Ariosto. Lembramos do dia anterior, quando estávamos tão empolgados com tudo, tirando fotos até em pedágio. O Tim, que é mais experiente em viagens rodoviárias, comentou: “Olha, muita coisa que estamos fazendo agora, vamos acabar deixando de lado depois.”. O tempo provaria que ele tinha razão.

Pela manhã, fizemos um recorrido a pé pelo charmoso centro histórico e pela orla da praia do Laranjal, talvez o mais importante balneário de toda imensa Lagoa dos Patos. Seguimos viagem um pouco antes do almoço, rumo a Rio Grande.


Lá passeamos rapidamente pelo trecho central da Praia do Cassino, considerada a mais extensa do mundo, e pegamos a estrada novamente até o extremo sul do Brasil, onde pernoitaríamos.


Destaque para a belíssima Reserva do Taim, que é cortada pela rodovia. Um cenário de rara beleza!


397 km de direção hoje. Segue viagem!

CompartilharShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *